Tomate, cenoura e banana ficam mais baratos, mas não impedem aumento do custo de vida
09/07/2024 10:39 em Líder Notícias

Custo de vida do brasileiro volta a subir.

 Na primeira medição de julho, o Índice de Preços ao Consumidor Semanal, o IPC-S, da Fundação Getúlio Vargas, avançou 0,26 por cento.

 Mais uma vez, leite e batata aparecem entre os vilões.

 A produção de ambos foi prejudicada nas últimas semanas por problemas climáticos no campo, o que reduziu a oferta.

 Com isso, a batata ficou 10 por cento mais cara e o leite subiu cinco por cento.

 Por outro lado, mamão, tomate, cenoura e banana, por exemplo, estão mais baratos.

 Entre aumentos e quedas, os preços dos alimentos tiveram uma alta média de 0,23 por cento.

 Nos outros setores, destaque negativo para serviços bancários, gasolina e conta de água.

 Mais caros estão entre os itens que mais puxaram o custo de vida do brasileiro pra cima.

 Por outro lado, as tarifas mais baratas no transporte por aplicativo ajudaram a impedir um avanço maior da inflação.

Repórter: Umberto Ferretti

COMENTÁRIOS